África do Sul

Hospedagem no Atlantic Point, Cape Town!

Gente, eu amei me hospedar no Atlantic Point Backpackers! Sério mesmo! Que hostel legal! Confesso que, baseada na minha singela pesquisa prévia antes de chegar a Cape Town, achei que seria um hostel ok e nada mais.

Atlantic Point
A fachada
Atlantic Point
Entrada!

Pois bem, assim que cheguei lá – direto do aeroporto, com serviço de pick up ótimo! Basta mandar e-mail pra eles que reservam – fiz o check in e a moça da recepção me levou ao quarto.

Gente, sério, não perde nada para um hotel! Eles tem todo tipo de quarto, compartilhado, banheiro privativo e não privativo, família, etc… mas que incrível foi me sentir num hotel com a atmosfera deliciosa de um hostel!

Atlantic Point

Cama dupla com banheiro privativo, varanda, armários, cofre, wifi forte… e a porta do quarto era por meio de senha eletrônica. E todo dia o quarto era limpo, serviço completo!

Ah, curiosidade: a Cidade do Cabo – Cape Town, tanto faz rs – está sofrendo com falta de água, então todos estão se esforçando para economizar. Por exemplo, no chuveiro tinha um balde, e toda água que respingava e “sobrava” eles reutilizam para regar o jardim. Boa iniciativa! Estranhei o balde no começo, depois que li a plaquinha que entendi kkk

Atlantic Point
Corredor que dá pros quartos privativos
Atlantic Point
Minha porta, com a senha eletrônica

Atlantic Point

Atlantic Point
Essa foi mais pra vcs verem o ventilador kkk

Atlantic Point

Atlantic Point
Banheiro
Atlantic Point
O balde!

Atlantic Point

As áreas comuns são uma graça: desde o refeitório coloridão com sugestões de passeio por Cape Town até os andares com bar, mesa de bilhar, canto de leitura, sofás, computadores, jogos, varandinhas… muito gostoso!

Atlantic Point
A louca do bar rs
Atlantic Point
Área comum
Atlantic Point
Olha que graça o refeitório!

Atlantic PointAtlantic PointAtlantic Point

Atlantic Point
Varandinha!

O que eu achei bacana é que quase todo staff era formado por jovens estrangeiros, de todos os cantos do mundo! Pessoas que passam 2, 3 meses trabalhando lá e aprendendo. Estes mesmos jovens nos acompanham pelas atividades que o Atlantic Point promove. Saídas à noite pra balada, visita a restaurantes, festivais acontecendo pela cidade… É só colocar o nome num quadro na parede que todos te esperam pra atividade!

Me inscrevi uma noite para ir a um bar de jazz e foi super legal, ótima maneira de conhecer outros viajantes! Também participei da atividade mais famosa: o Braai (churrasco sul-africano) que ocorre toda quarta!

Braai do Atlantic Point

Este último, você paga 100 rands (~25 reais) e se serve junto da galera até a comida acabar rs depois, todos ficam batendo papo e se divertindo. Gostei da iniciativa!

Atlantic Point
Noite de Braai
Atlantic Point
Oie!
Atlantic Point
Mais uma!
Atlantic Point
Local charmosinho onde comi meu Braai!

Lá também tem piscina, que não pude usar pois estava friiio hahaha a cozinha compartilhada é bem completa e ampla, e o café da manhã bem gostoso! O melhor é que servem até às 11h, e pra quem, como eu, é dorminhoco/a, foi perfeito kkkk

Atlantic Point
Café da manhã! Varia todo dia… aqui, panqueca, fruta com iogurte

Projetos Sociais

Outro ponto que influencia muito pra mim é quão engajados com a comunidade eles são. E o Atlantic Point é bastante! A começar pela sua infraestrutura; quando construíram o local, colocaram energia solar, reduziram quantidade de água que sai do encanamento, reciclaram móveis e materiais…

Estão envolvido em vários projetos sociais bacanas, como o The Homestead (projetos para crianças de rua) e o NSRI (presenvação da vida marinha). Pontos muito positivos para eles!

A recepção te ajuda sempre com reserva de tours, aluguel de carro e dicas de atividade (quando choveu, eles tinham um livrinho “o que fazer em Cape Town chuvosa” haha achei simpático).

Ah, e a localização também é excelente: a 10 minutos de caminhada do Waterfront, um dos principais pontos turísticas da cidade e a poucos minutos de carro do centrinho de baladas e restaurantes. Lá perto mesmo tem supermercado, lojas e várias opções de onde comer.

Atlantic Point
Mais um pouquinho do hostel…
Atlantic Point
Meu quarto era o da varanda da direita!

Como podem ver, adorei o Atlantic Point e o recomendo muito! Instalações limpas, staff gentil e animado (e que quer te entrosar), além de preços amigos – dependendo do quarto e da época, de 60 reais até 400 reais. Fica a super dica!

Gostaram?

Beijos,

Amanda


A acomodação foi oferecida ao blog amandAqui como cortesia, o que não interfere na opinião expressada neste post.


 

Opine aqui à vontade!

Deixe uma resposta

6 comentários
    MARCIO VITAL VALENÇA
    Responder

    Estamos indo novamente para África do Sul em dezembro. Bom saber dessa opção. Vou aproveitar e ver suas dicas.

    Viviane Carneiro
    Responder

    Adoro essas dicas de hospedagem! Amei conhecer essa opção de hospedagem em Cape Town. Bjs

    QUe lugar incrível, queria saber desse lugar antes de ter ido! Gostei muito do lugar!

    Massa! Achei o lugar muito fofo, mas o mais interessante e atraente, um diferencial, sem dúvida, é a consciência ecológica e o engajamento social. Isso pode mudar o mundo! E a gente quer viver em mundo melhor né?!

    As outras propostas: passeios, livrinhos… achei bala também! ehehe
    bjs

    q lugar bem bonitinho e organizado! ufa, q bom q eh pra jogar a agua no jardim e nao a agua no vaso aheuaheuae

    Eita, que organização. Nós ainda vamos para Cape Town, já fica a boa dica.