Guia completo e definitivo de Bolonha, Itália!

Intro

Fui para Bolonha (ou Bologna) por acaso. Explico: estava em Malta e um dos destinos mais baratos desde lá com a companhia aérea Ryanair – sou cliente fiel, gosto de pagar barato hehehe – era a bendita Bolonha. Já havia estado na Itália, e esta pequena cidadezinha me pareceu ideal para explorar (e comer!) antes de descer de trem até Roma (posts sobre essa belezura logo mais!), passando por algumas outras cidades no caminho.

DCIM103GOPROGOPR5245.

De arquitetura ancestral, é casa da Universidade mais antiga da Europa, onde Dante Alighieri e Copérnico estudaram. Além disso, como o nome acusa, é onde inventaram o molho à bolonhesa! Mas não se espante se não encontrar o dito cujo nos cardápios: na Itália, ele segue pelo nome de “al ragú”.

Localizada no centro da região de Emiglia-Romagna, é perfeita para ser base de passeio, pois sua malha rodoviária é completíssima e barata! Veneza a 1h30, Roma a 2h, Rimini a 1h, e por aí vai!

O que não posso deixar de ver?

Os pórticos

A arquitetura da cidade é belíssima, e, além de ser apelidade da “La Rossa” (a vermelha) devido ao tom envermelhado de seus prédios, possui muitos e muitos pórticos à margem das ruas, não deixe de reparar! Há um boato de que se colocassem todos os pórticos da cidade um do lado do outro, daria mais de 40km! Passeie pela Via dell’Independienza que você verá várias!

Piazza Maggiore

Como boa cidade europeia, possui uma praça central que concentra as atividades do local. No caso, a Piazza Maggiore abriga alguns dos principais monumentos da cidade – que eu vou mostrar abaixo – além de ser o primeiro passo para qualquer turista à Bologna.

20160905_105552DCIM103GOPROGOPR5231.DCIM103GOPROGOPR5238.

Fonte de Netuno

Localizada na Piazza Maggiore, estava fechada para reforma quando visitei =/ De qualquer maneira, é a representação do deus Netuno e vale jogar uma moedinha kkk

Basilica di San Petronio

Símbolo da cidade, também localizada na Piazza Maggiore, é a sexta maior igreja da Europa, e seria a maior se o Papa, na época da construção, não tivesse vetado a ideia, já que ele não ~curtiu~ ter uma catedral maior que a de São Pedro, no Vaticano, numa cidade como Bolonha. Muitos arquitetos passaram pelo seu projeto, resultando num belo mix de decoração, mas o que chama a atenção é sua fachada de pedra. Achei o interior bem “normal”.

DCIM103GOPROGOPR5230.
Contra o sol, oooops, sorry hehe

DCIM103GOPROGOPR5236.

Le Due Torri

As torres Garisenda e Asinelli são historicamente importantes, pois funcionavam como ponto de referência e de defesa na Era Medieval. Antigamente, havia mais de 100 torres pelo skyline de Bolonha, e hoje sobraram em torno de 20, sendo estas duas as principais. É possível subir a Asinelli (96 metros) por 3 euros, mas prepare-se: quase 500 degraus numa estrutura tortuosa e estreita! Mas a vista vale a pena…

20160905_094512
Asinelli e seus 96 metros
DCIM103GOPROGOPR5225.
Vista da torre!

Onde comer?

Osteria Dell’Orsa

Li boas recomendações sobre este restaurante em diversos lugares! E fazem jus, viu! É mega simples, mas cozinha tradicional com preço justo e qualidade! Está sempre lotado, então fique esperto. Mesonas de madeira encostadinhas umas às outras (quase que se tornam comunitárias) e um cardápio enxuto mas direto: claro que fui de massa “al ragú” e um bom vinho!

20160905_07522520160905_080851

Le Stanze

Um lugar com decoração tão convidativa que quase parece um igreja! E é: trata-se de um antiga capela reformada que hoje abriga um dos bares/restaurantes mais animados da cidade. Aproveite o apperitivo de lá (a versão italiana de happy hour, só que inclui comida no preço da bebida! Amo!) com drinks divertidos, e, se houver espaço na barriga, fique pro jantar =)

Osteria Marsalino

Charmosa, frequentada por locais e com comida delícia! Numa ruelinha quase deserta fica esta Osteria, mas você logo a vê graças ao agito: fiquei um bom tempo esperando por uma mesa disponível ao ar livre, mas o atendimento é tão bom – trouxe pizza de graça, ofereceu bebidas e sugeriu pratos – que passou voando; aliás, na noite que fui havia UM GARÇOM, que atendeu a todos com bom-humor, rapidez e dicas insiders ótimas. Fiquei impressionada! Comida tradicional, confesso que também fui “al ragú” nessa! Não me arrependi rsrsrs

20160905_155248

Onde ficar?

Me hospedei num Airbnb incrível em Bolonha! No centrão da Via Castiglioni, bem localizado e típico! Até incluía café da manhã, e a senhorinha dona da casa fazia um café caseiro delicioso! Se quiser um desconto na sua primeira estadia Airbnb, vou te dar aqui ó!

Se a sua vibe é menos aventureira, o I Portici Hotel Bologna é super recomendado pelos principais guias de viagem, além de contar com localização ótima, arquitetura imponente e restaurante para se comer como um rei!

Curtiram? Vontade de ir já!

Beijos,

Amanda

Anúncios

32 comentários Adicione o seu

  1. mairaps disse:

    Sabe que no Chile, em um restaurante incrível chamado Liguria, você também pede “Al Ragu” pro molho bolonhesa. Adorei esse destino em detalhes e seu post me deu muita fome! Haha

    Curtido por 1 pessoa

    1. hahahaha vai ver bolonhesa é coisa de brasileiro! Beijos!

      Curtir

    2. Juliana Moreti disse:

      O ragù é o nosso molho a bolonhesa!
      rsrsrsrs

      Curtido por 1 pessoa

  2. muito interessante, tenho um amigo que é dessa cidade e ele sempre me convida pra dar um pulo até lá, me interessei bastante pela cidade, parece ser muito linda! Aqui na Inglaterra também tem o molho Al ragu!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olha, vale a pena dar um pulo! Acho que “bolonhesa” é coisa brazuca mesmo rsrs

      Curtir

  3. Mariana Bueno disse:

    Tô sonhando em voltar à Itália. Acho que vou incluir Bolonha no roteiro. Achei linda!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Inclua sim! E não deixe de comer por lá…

      Curtir

  4. cynara00 disse:

    Chegamos em Bolonha, estávamos de carro, era umas 2 horas da tarde, estávamos com fome. Era domingo e tivemos muita dificuldade em encontrarmos algum lugar para comer, fiquei logo sem paciência (viro monga quando estou com fome kkk), o resultado foi que comemos qualquer coisa na primeira birosca que encontramos, tiramos umas fotos na praça em frente e saímos. Perdi completamente a vontade de passear pela cidade que era nossa intenção claro. Seguimos viagem e não vimos nada da cidade. Minha irmã foi pra lá depois e adorou, então voltei a colocar Bolonha em minha listinha e quero chegar lá como se fosse a primeira vez. Tomara que dê certo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Cy, sou igual, o tempo fecha quando fico com fome! hahahah sim, tente voltar, vale a pena!

      Curtir

  5. Cidade mais linda! Passamos em Bolonha super rápido quando fomos para Maranello. Deu vontade de conhecê-la melhor. A Itália tem muitas cidadezinhas charmosas escondidas entre suas montanhas. Pretendo um dia voltar e desbravar o interior. Ótimo post.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Ah, a Itália, sempre me encanta. Acabei de voltar de lá, praticamente, foi minha última viagem de 2016, pena que não conheci Bolonha, mas adorei seu relato e na próxima vou incluí-la, com certeza.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Na próxima inclua! A Itália é encantadora mesmo!

      Curtir

  7. Toda hora a Bolonha entra na minha timeline. Acho que é um aviso para eu conhecer finalmente

    Curtido por 1 pessoa

    1. Hahahahaha ouça a internet!

      Curtir

  8. Josiane Bravo disse:

    Que charme de cidade, adoraria conhecê-la, principalmente sobre a universidade que mencionou, onde o ilustre Dante Alighieri estudou (sou fã dele, e me lembrei do Palácio Barolo em Buenos Aires que faz alegória e é inspirado na Divina Comédia). Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  9. Dayana disse:

    Sabe que a parte que mais me chamou a atenção foram essas comidinhas e restaus? Adoooooroooo! E sou como você: também apostaria tranquila no vinhozinho combinado com as massas. hahaha ❤

    Curtido por 1 pessoa

  10. Já fui 2x para Bolonha e sinto que ainda não a explorei do modo correto 😦 Vou levar todas as suas dicas para a próxima viagem 😀

    Curtido por 1 pessoa

  11. Viviane Carneiro disse:

    Nossa… que lugar mais lindo! Quero muito conhecer. Adorei o post. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  12. Juliana Moreti disse:

    Bologna è uma cidade incrìvel e impossìvel pensar nela e não pensar em comida! A Emilia Romagna é sabor e aroma para todo canto!
    Passei 3 vezes por ela, mas infelizmente não tive tempo de parar e ficar, mas sonho com seus Pórticos (aliàs, amo cidades com esses pórticos).

    Apenas um detalhe: não hà nenhuma prova real de que Dante tenha estudado na uni Bologna…. Tem gente inclusive que atesta que ele estudou em Paris (na Sorbone)… E’ como Cristoforo Colombo…. eu não acredito que ele seja genovês!
    hehehehehe

    Curtido por 1 pessoa

  13. Rafaella disse:

    Ainda não conheço esse local, esta na minha listinha

    Curtido por 1 pessoa

  14. Adorei seu relato! Minha namorada e eu somos loucos pra conhecer mais cantinhos da Itália. Parabéns pelo post

    Curtido por 1 pessoa

  15. Você escolhe destinos de viagem como eu: “tá barato pra onde? então é pra lá que eu vou!” kkkkkk Acontece quando a gente quer conhecer o mundo inteiro e não tem preferência pela ordem! Adorei o seu destino e morrooo de vontade de conhecer Bolonha tb, pra comer, claro! 🙂 Gostei das dicas dos lugares para visitar também. Obrigada por compartilhar! Beijo grande

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, sempre que possivel vou pela passagem!! Rsrs legal saber!

      Curtir

  16. cwrgutierrez disse:

    Gostei muito do seu guia da Bolonha, vai me ajudar muito na minha viagem por lá. Obrigado. Excelente testo

    Curtido por 1 pessoa

  17. laurasette disse:

    Oi, Amanda!
    Ainda não conheço Bologna, e tenho muita vontade – principalmete pela gastronomia, não vou negar! haha
    Parabéns pelo post, e obrigada pelas dicas! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  18. Ruthia disse:

    Também adoro os edifícios avermelhados de Itália. Ainda não estive em Bolonha, só em Roma e Milão, e o seu post só aguçou a vontade. Grata pela partilha

    Curtido por 1 pessoa

  19. FabioJr.Alves disse:

    Que incrível este passeio por Bolonha, amo esta cidade e adoro o Osteria Dell’Orsa que você citou, com certeza este é um guia ótimo para quem quer conhecer esta região! parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  20. Roberta Lan disse:

    Quer dizer que o molho à bolonhesa é tipo o pão francês ou a “Brazilian nuts”? Tô passada, hahahahaha!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ou o petit gateau! Kkk

      Curtir

Opine aqui à vontade!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s