Genebra, Suíça

De volta à minha saga europeia… Depois de um fim de semana incrível em Lyon, peguei um trem rumo à Suíça. Nunca havia estado no país e estava animada para conhecê-lo. Confesso que me decepcionei um pouco, achei as pessoas desanimadas e a “vibe” toda meio pra baixo. Não sei se foi porque estava numa época chuvosa ou se estava mesmo muito cansada de todo viaja-para-viaja-para.

Cheguei a Genebra de noite e fui me acomodar. Fiquei no único hostel que encontrei na cidade para minhas datas (a Suíça é uma fortuna, minha gente rsrsrs), o Geneva Hostel. Até que foi ok, mas achei a recepção bem fria (tipo, os funcionários meio secos) e os banheiros muito longe do quarto. Enfim…

O país tem quatro línguas oficiais: alemão, francês, italiano e o menos utilizado, o reto-romano (?). Essa diversidade é também um problema político e territorial. Genebra fica na parte francesa e, consequentemente, fala francês, o que não é um problema para nós turistas, já que a boa educação do país providencia um inglês quase fluente aos habitantes e às vezes você também se vira no espanhol.

No dia seguinte fui bater perna. Fiquei passeando pela Old City, com ruelas e igrejinhas pelo caminho. Também havia muitas lojas “padrão”, tipo H&M e umas Dior da vida.

20151005_132323
Passeando pela Old City
20151005_135001
Charmosa Place Bourg du Four
20151005_133529
Catedral St. Pierre

 

A parte mais bacana da Old City é a praça Bourg du Four, com restaurantes ao ar livre e lojinhas charmosas. Vale parar para tomar uma cerveja, de preferência a Calvinus, que nasceu na cidade e tem seu nome por causa do protestante Calvino. É bem gostosa, viu? Recomendo a clara hehehe

Ah, e como boa cidade europeia, tem sua catedral. A de Genebra não tem um interior tão bacana, mas o interessante é que você pode entrar em seu subterrâneo para ver descobertas aqueológicas.

Outra atração da cidade é seu grande lago e um jato d’agua que atinge alturas enormes. No verão, as crianças vão brincar por ali. Ao redor do lago estão os melhores hotéis, indústria forte no país, que coleciona estabelecimentos mundialmente reconhecidos pelo seu luxo.

20151004_155400

DCIM101GOPROGOPR2992.

Perto do lago, um relógio de flores também é atração turística, mas eu não perderia mais de 5 minutos ali hahaha.

À noite, me encontrei com uma amiga de um amigo para ela me mostrar a vida universitária dali. Se você curte festas e baladas, não venha estudar na Suiça hahaha Claro que há uns rolezinhos, mas nada comparado à animação brasileira. Além disso, tudo é muuuito caro e faz com que a maioria dos jovens não saia todo fim de semana. Acabamos indo comer queijos e frios e terminamos num bar de cervejas artesanais bem bacana (fui de Calvinus porque né hehe). Tudo ao redor da Université de Genève, entre as ruas Boulevard Carl-Vogt, Rue du Bois-Melly e a Rue de l’ecole-de-Médecine. Então, se quer fugir do buxixo turístico e ver onde os estudantes convivem, essa é a pedida.

No outro dia, fui visitar a ONU. Em Genebra fica um dos principais escritórios deles, o que atrai vários estudantes para a cidade. Não é raro ver grupos de jovens engravatados andando por lá. Não consegui fazer a visita guiada – pura falta de planejamento, mas acontece, né… – mas o prédio em si é bem bonito e a escultura da cadeira gigante em frente é legal rsrs

A alguns quilômetros de distância do centro também fica o CERN, maior laboratório de física do mundo e que tem visitas guiadas. Ele sempre aparece nas manchetes internacionais por causa de seu acelerador de partículas. Por falta de tempo, não fui.

Depois, para matar o tempo neste último dia, passeei pela borda do lago e visitei alguns parques bonitos pelo caminho. A cidade é bem arborizada e propícia a pedestres.

20151007_110641

DCIM101GOPROGOPR2993.

DCIM101GOPROGOPR2994.

 

20151005_133134

20151006_180616

No geral, a cidade é legal, mas dois dias são mais do que suficientes. Há diversos museus e exposições incríveis, que acabei não visitando, mas mesmo assim em um fim de semana acredito ser possível aproveitar bem seu tempo.

Daqui, sigo para outras cidades suíças! Não percam…

Beijos,

Amanda

Anúncios

5 comentários Adicione o seu

  1. najarasantos disse:

    Pois é sua linda eu moro na Suiça provavelmente deve ser o inverno aqui as pessoas realmente estão congeladas kkkk brincadeira kkkkk …Eu acho lindo tudo aqui
    realmente é um país caro

    Curtir

Opine aqui à vontade!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s