Estados Unidos

10 coisas que eu não sabia sobre Nova York

Quando passei 5 semanas em Santiago, no Chile, fiz uma lista assim, das coisas que não sabia da cidade. Nada mais justo do que fazer o mesmo com Nova York, cidade tão amada e explorada por tantas pessoas e que tive o prazer de viver por três meses! Minha opinião é pessoal e baseada nas coisas que vivi, então sorry se você já sabia o que está nesta lista rsrs!

1. O bairro mais animado para sair à noite é o East Village

Quando visitei NY como turista, mal “ia pra baixo” da rua 34, no máximo visitava o Chelsea Market (que acho que fica na 18, 19), mas era descer da estação de metro e voltar pra ela.

Nos 3 meses que passei por lá agora, pude aprender como de fato era o dia a dia das pessoas, onde elas faziam compras, iam pra ginástica, saíam à noite. E aprendi que, se você é jovem e está em busca de coisas mais baratas, vá para o East Village. Lá é descolado, tem sempre algum bar novo, as pessoas são ecléticas e dá pra ir de bar em bar. Recomendo!

 2. Manhattan é pequena, é possível fazer tudo a pé

Não sei se é porque sou paulistana – e em SP é raro ir de um bairro pra outro sem carro rs – mas depois de um tempo em Manhattan percebi como ela é pequenina…

Além de ser toda numerada e organizada, os bairros são pertinho, uma vez que você aprende, nunca mais precisa ver mapa! Eu, por exemplo, raramente usava metrô, no máximo em dias de chuva ou pra ir pro Brooklyn (se bem que uma vez fui a pé, rs). Mas é um pequeno que sempre muda, cresce e se descobre <3

Nova York

3. A maioria dos restaurantes serve o cardápio especial de brunch nos finais de semana, então se você quer comer algo específico, certifique-se se terá no cardápio!

Explico: às vezes reservava um domingo para jacar na dieta e ir comer AQUELE (insira aqui a comida que vc sonha quando tá com fome… no meu caso, era hambúrguer kkk), e lá ia toda feliz no tal restaurante da dita comida. Muitas vezes, surpresa, durante o fim de semana só estava disponível o menu do brunch, com comidas selecionadas, que não contém todas as opções do cardápio “normal”… e não raro meu hambúrguer só existia em dia de semana… por isso, atenção! Rsrs

Nova York

4. Quase todas as baladas e bares tem entrada de graça

Se algum lugar está te cobrando entrada, pule fora, a não ser que seja um lugar muuuuito legal que você quer muuuuuito ir (eu paguei para entrar na Pacha porque um DJ que eu gosto muito ia tocar), já que quase todos os lugares legais são free, então se um te cobra, vá pra outro!

Nova York

Nova York

5. O metrô não é assim tão abrangente quanto falam

Nem tão abrangente e nem 24hrs, como tantos falam. Sim, muitas linhas são 24hrs, mas algumas principais fecham a partir da meia noite. É sempre bom ficar atento aos avisos na internet e aos cartazes colados nas estações. E quanto à abrangência do metro, Hell’s Kitchen e o East Village mal são contemplados, por isso minha queixa hehe

6. É difícil conhecer alguém nascido em Nova York vivendo em Nova York

Raríssimas vezes alguém me respondia: sou daqui de Manhattan/Brooklyn/Queens/etc… quando eu perguntava de onde a pessoa era. Famosa por ser A cidade escolhida por muitos para “fazer a vida”, a população novaiorquina é composta por gente do mundo todo, de todos os cantos.

7. O West Village é o melhor lugar para morar

Tem agito, tranquilidade, parquinho pra crianças, balada, bar, pista de corrida, loja de tudo o que você precisar, é limpo, as casas são “típicas de NY”, a la Sex and the City, é arborizada, muito transporte público, perto de todos os bairros legais… preciso dizer mais? Não à toa muitas celebridades poderosas escolheram o bairro como lar.

Nova York

8. A cultura fitness/healthy é muito forte aqui

Não tinha noção… quando se pensa em NY e Estados Unidos logo vem em mente redes de fast food e toda aquela comida engordurada e calórica… ledo engano! Claro que não sei como é o resto dos EUA, mas em NY na hora do almoço os lugares de fazer salada lotam, no café da manhã a fila pros smoothies naturais é gigante e na janta os restaurantes vegan/orgânicos mal tem horário pra reserva.

Nas ruas, pessoas correndo, com roupa de ginástica, bombando as academias e sempre com um suquinho natural na mão. Dá uma vibe muito boa! Fiz vários posts com dicas desses lugares na tag Random Nova York =)

Nova York

Nova York

Nova York

9. O Meatpacking District é caro

Eu não sabia muito deste bairro, apenas que ele é lar do Chelsea Market, mas morei ao seu lado e descobri que ele é chique, “hypado”, como algumas pessoas escrevem, o “novo Soho”… resultado? Restaurantes caréssimos, lojas de marca, pessoas ostentando roupas de luxo e uma vida noturna que bomba.

Ah, e o novo Whitney Museum (dedicado à arte norte americana) abriu recentemente perto do High Line e está um buxixo só. O bairro é lindo e bem diferente, com suas ruas laaaaargas de paralelepípedo e arquitetura interessante, mas tá muito caro!

Nova York

10. Todo mundo tem a sensação “putz eu vivo em Nova York e isso é incrível” mesmo morando anos por aqui

Conheci muita gente ao longo desses três meses, mas não importava a idade, gênero, situação social nem quanto tempo vivia na cidade; todos eventualmente diziam “ah, mas a gente tá em NY, né? Isso que importa”.

Relevavam os problemas, as frustrações e paravam pra pensar “olha onde vivo, onde ando todos os dias…” realmente, é uma sensação indescritível saber que o melhor lugar do mundo é aqui e agora.

Nova York

Beijos,

Amanda

Opine aqui à vontade!

Deixe uma resposta

8 comentários

    Gente, que mágico *-* hahah morro de vontade de conhecer NY um dia 🙂 me encanta muito.

    ferscafi
    Responder

    Esse post me deixou morrendo de saudades de lá!

    Adorei as curiosidades <3 Essa é a cidade mais incrível do mundo pra mim e eu quero muito sentir essa sensação de "eu moro em Nova York" um dia! hahaha tenho certeza que poderia morar lá por 100 anos e ainda acharia incrível!

    Raquel Costa
    Responder

    Legal a matéria.
    Tenho fascínio por esta METRÓPOLE, mas fiquei realmente surpresa em saber que Manhattan é pequena e da pra circular a pé.
    Um dia vou visitá-la, mas quero conhecer todos os bairros se possível: Queens, Bronx, Forest Hils, Astoria entre tantos outros…se possível é claro

      Amanda Saviano
      Responder

      Com certeza um dia irá!